Porque é mais fácil ficar na zona de conforto

Porque é mais fácil ficar na zona de conforto

Sempre que nos falam em seguir os nossos sonhos ou ir atrás da nossa felicidade, ou até em descobrir novos hobbies, automaticamente nos deparamos com a expressão zona de conforto, que precisamos de sair da nossa bolha, descobrir coisas novas e tudo mais.

[Porque fazer alguma coisa é melhor do que não fazer nada]

Mas bolas, é tão confortável ficar com aquilo que nós já conhecemos, fazer as coisas que estamos habituados, sair com aqueles amigos que desde sempre estão ali, ir àquele restaurante onde os donos são tão simpáticos e já nem preciso fazer o pedido, porque eles sabem exatamente aquilo que eu quero, parece como ficar enrolado num cobertor quente e macio, a ver um filme e comer pipocas enquanto lá fora está a maior tempestade de neve.

Como tudo parece perfeito da maneira que está! Para quê mudar aquilo que parece tão certo e familiar, que é tão bom, certo?! Ainda mais porque lá fora está o maior frio, escuro e ainda vou ficar enterrada em neve até ao pescoço sem conseguir sequer me mexer.

Ok, esta metáfora é meio exagerada vá, mas quando estamos a dar aquele passo que pode ser decisivo para as nossas vidas [ou nem tanto, quando decidimos fazer um novo desporto, ou aprender alemão, por exemplo], para conseguirmos realizar os nossos sonhos, é basicamente esta a sensação que temos, que podíamos ficar dentro de casa, quentes ao pé da lareira e não arriscar em ir lá fora para a neve, porque sim, é tão mais confortável ficar da maneira que se está.

Por que razão vou arriscar se ainda por cima nem sei bem se aquilo vai dar certo, a probabilidade é que nos primeiros meses tudo dê errado e vou voltar à estaca zero, com mais uma frustração na vida.

Bem, sim, o mais provável é que realmente muitas coisas dêem errado, então nos primeiros meses ainda mais, mas também muitas coisas podem dar certo, e vão começar a dar certo. Nunca se vai saber se não se arriscar e se se ficar deitado no sofá a ver um filme enquanto lá fora está escuro e o maior frio.